15355788_1013417035448076_6033472369961070435_n

SIM São Paulo tem noite mágica no Auditório Ibirapuera

Postado por INKER Agência Cultural em

Uma noite inesquecível marcou a abertura da 4ª Semana Internacional de Música de São Paulo com Mahmundi, Liniker e Os Caramelows mais a rainha Elza Soares se apresentando para um Auditório Ibirapuera absolutamente lotado, com o público cantando junto todas as canções e seguindo ao pé da letra o aviso de Mahmundi, no começo de seu show: “Essa noite é toda nossa”. Esse foi o start para uma semana agitada que a SIM São Paulo promove até o próximo domingo (11) com shows, palestras, debates, speed meetings e muito mais.

Desde a manhã de quarta-feira já havia bastante gente no Auditório Ibirapuera aguardando a distribuição gratuita de ingressos, que se esgotaram rapidamente. Com o auditório tomado, o Conselho Consultivo da SIM São Paulo subiu ao palco para fazer as honras da abertura oficial. “A SIM está bem maior este ano”, avisou Fabiana Batistela, diretora geral da SIM São Paulo. “São 42 painéis de palestras e debates, 10 workshops, rodadas de negócios, mais de 70 shows espalhados pela cidade – 27 deles só no Centro Cultural São Paulo”, contou, sob aplausos.

15439745_1188274254597630_5672828995885586456_n

Segundo Fabiana, nada disso seria possível sem o apoio do mercado da música mundial. “Esse ano estamos recebendo delegações da Argentina, Austrália, Canadá e França mais convidados do México, Chile, Uruguai, Alemanha e Estados Unidos”, comemorou. Um dos destaques para ela, porém, é especial. “Pelos menos 50% da programação de conferencias e shows será feita por mulheres! Queremos puxar as mulheres produtoras, curadoras e investidoras de projetos para o palco. Que elas sirvam de exemplo para várias meninas que estão começando no mercado”, contou.

Representando o Conselho Consultivo, Dani Ribas (do Colegiado Setorial de Música CNPC-MINC/SP) contou como funcionou o processo do conselho na articulação das diversas frentes de atuação da SIM São Paulo: “É um trabalho enorme, mas um trabalho muito prazeroso”. Segundo ela, cada pessoa do conselho atua numa área diferente, mas todos estão conectados pela mesma paixão, “a música”. Alexandre Matias (do Trabalho Sujo) pontuou: “Hoje estamos vendo a reconstrução do ecossistema da música e muitos músicos brasileiros já vivem do seu trabalho autoral, vivem como músico, e isso é uma conquista adquirida”.
15230621_1188249617933427_302641852579716811_n

Na parte musical da noite, Mahmundi, visivelmente emocionada com a acolhida do público, fez um grande show. Logo na segunda música, “Eterno Verão”, ela pediu: “Não me deixem sozinha aqui não. Venham pra frente do palco”. E o público a atendeu, transformando o grande auditório em um local aconchegante. No momento mais emocionante do show, Mahmundi relembrou que começou 2016 com muita incerteza, mudando-se para São Paulo e apostando na música. “São Paulo foi muito acolhedora e me fez entender que todos nós somos artistas, produtores, empreendedores. Eu só tenho a agradecer pela lealdade de vocês”.

Na sequencia, Liniker, acompanhada dos Caramelows, foi ovacionada quando entrou no palco, e relembrou: “O primeiro show que fiz foi na SIM São Paulo 2015, então é muito bonito estar podendo fazer parte disso de novo”. Em seu set especial para a SIM, canções do elogiado álbum “Remonta” foram cantadas com paixão pelo público, que dançou “Caeu”, vibrou com “Sem Nome” e fez o coro em “Zero” entoando “deixa eu bagunçar você”. No momento mais bonito do show, em “Tua”, o fundo do palco do auditório foi aberto, e os fãs que estavam do lado de fora puderam assistir ao final da apresentação de Liniker. Emocionante.

15355697_1188249657933423_7228803282721444834_n

Porém, a emoção maior ainda estava por vir. Com as cortinas fechadas, Liniker e a vocalista Renata Éssis foram para frente do palco e cantaram “Ralador de Pia” enquanto o trono da rainha Elza Soares era montado. No auge da canção, cortinas abertas e plateia devota à mulher do fim do mundo, vencedora do Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira em 2016. Acompanhada dos Caramelows, Elza cantou “Mulher do Fim do Mundo”, “Maria da Vila Matilde”, “Benedita” (com Liniker fazendo a voz que no álbum é de Celso Sim) e a clássica “Espumas ao Vento”, encerrando uma noite incrível no Ibirapuera.

FESTAS SIM NA NOITE DE SÃO PAULO

A primeira noite da SIM se estendeu após a abertura no Auditório para várias festas na noite paulistana. No Jazz nos Fundos, a festa Fritura abriu espaço para que artistas improvisarem suas músicas – participaram Tagore e Ventre, entre outros. No Stage Bar aconteceu um showcase do festival Bananada com Lalonge, Boogarins e Hierofante Púrpura. Foram dois shows perfeitos para quem gosta de rock psicodélico. E para fechar a noite com chave de ouro aconteceu a festa de lançamento da SIM São Paulo + GIG no charmoso PanAm Club com a presença de diversos artistas (As Bahias e a Cozinha Mineira, Liniker e os Caramelows, Maglore, Molina y Los Cosmicos, Randon Recipe, Jaloo, The Baggios além de integrantes das comitivas de Quebec e da Austrália).

foto-por-José-de-Holanda-1598

A Semana Internacional de Música de São Paulo segue com uma programação repleta de atividades até o domingo, 11 de dezembro. Confira a programação completa aqui. A SIM São Paulo é uma realização da Inker Agência e este ano conta com o patrocínio da Skol, BNDES, Coca-Cola e Funarte.

 


RECEBA NOSSA NEWSLETTER