COLABORAÇÃO GLOBAL DISCUTE DIRETRIZES PARA RECUPERAR A VIDA NOTURNA

O impacto da COVID-19 na economia mundial é algo inédito e inesperado. Enquanto uma parcela da população simula uma certa normalidade e tenta adaptar seus negócios e sua vida a uma nova realidade alguns setores, que incluem eventos musicais, festivais e vida noturna enfrentam um desafio maior, já que dependem da presença de um grande número de pessoas para que possam ocorrer e se tornar economicamente viáveis.

Não existe uma previsão sobre a volta à normalidade e nem se isso realmente acontecerá, mas se torna cada vez mais urgente que se discutam soluções que permitam a manutenção dos milhares de empregos que dependem desse setor e que se estabeleçam parâmetros para que toda essa cultura permaneça viva.

Em resposta à essa vulnerabilidade, foi criada uma colaboração global, liderada pela VibeLab, que reúne acadêmicos, ativistas, pesquisadores e pessoas ligadas a atividades culturais e de entretenimento para a elaboração do Global Nighttime Recovery Plan (GNRP), que pretende criar diretrizes que possam ajudar e inspirar profissionais e autoridades a encontrar soluções para melhorar a economia e ajudar a salvar a vida noturna.

Merlijn Poolman, do Night Council de Groningen, na Holanda, e que foi palestrante na SIM 2019,  é um dos envolvidos na elaboração do quinto capítulo desse projeto que irá tratar das finanças em tempos de crise. Ele demonstra grande preocupação diante de toda a incerteza que vivemos e diz que, assim como muitas outras pessoas, acredita que a COVID-19 trará consequências permanentes ao setor, em diferentes áreas.

Para ajudar na compreensão desse impacto, foi criada uma pesquisa que pretende ouvir trabalhadores do setor noturno, que incluem desde músicos e DJs até as responsáveis pela limpeza e manutenção das casas noturnas. As perguntas estão disponíveis em várias línguas, incluindo o português, e pode ser respondida no seguinte endereço:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfuEINh-2ojdVQLhoUGN-vWHgcI7G_5FWmticWk-x5AgyIFsg/viewform

Poolman diz que essas poucas perguntas ajudarão a compreender o impacto causado nos setores, que talvez sejam os mais atingidos por essa crise mundial e que todos esses dados serão amplamente compartilhados com todos que possam colaborar de alguma forma para a recuperação da economia da vida noturna. E aproveita para pedir nossa ajuda para divulgar essa pesquisa pelo Brasil.

O primeiro capítulo do GNRP fala sobre a importância dos eventos ao ar livre, que podem se tornar uma opção viável para donos de casas noturnas e promotores de eventos continuarem na ativa e atender à demanda de atividades sociais combinadas com orientações que tornem essas atividades seguras em tempos de pandemia. O manifesto pode ser acessado no site www.nighttime.org  (em inglês).

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Categorias:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ SIM NEWS

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil