CONHEÇA OS VENCEDORES DA QUARTA EDIÇÃO DO PRÊMIO SIM

 A 4ª Edição do Prêmio SIM é uma homenagem a todas as pessoas, projetos, iniciativas, empresas e ideias que mantiveram a MÚSICA VIVA em 2020, que não ficaram calados e continuaram na luta mesmo com todas as restrições impostas pela pandemia e pelos ataques sofridos pelo setor cultural. “Procuramos indicar nomes não apenas pelo perfil criativo e inovador, mas também pelo lado humano que mostraram diante de todo o contexto”, afirma Fabiana Batistela, diretora da SIM São Paulo.

Neste ano, a premiação foi ampliada com 10 categorias e inclui uma mais do que especial, em reconhecimento direto aos esforços de profissionais, empresas, projetos, programas, ações públicas e privadas que auxiliaram na sobrevivência do mercado da música: a categoria Music Aid.

A escolha dos candidatos começou em fevereiro quando, em uma votação aberta aqui no portal, a SIM pediu ao público em geral que apontassem seus nomes favoritos em cada uma das categorias. Essas sugestões serviram como referência para o Conselho Consultivo da SIM 2021 durante as discussões de seleção dos finalistas, e também definiu um dos indicados em cada categoria, que entra como escolha do público.

Após um mês de votação e muita campanha dos candidatos, temos o enorme prazer em divulgar a lista dos vencedores do Prêmio SIM 4ª Edição.

A SIM São Paulo gostaria de reforçar a enorme importância do apoio das marcas aos projetos culturais, especialmente nesses tempos em que enfrentamos uma grave crise sanitária, social e política. A realização do Prêmio SIM só foi possível graças ao patrocínio da Calvin Klein. Obrigada também a Oi, Oi Futuro e Budweiser, que nos apoiaram durante todo o ano de 2020.

 

Conheça abaixo os  vencedores do prêmio SIM 2020:

 

**NOVO TALENTO

LUANA FLORES (PB) // DJ, beatmaker, percussionista, cantora e compositora, é uma das fundadoras do grupo Coco das Manas. Misturando eletrônico com ritmos da cultura popular nordestina, usa a música como ferramenta para o empoderamento feminino. Fez remixes para vários artistas em 2020 e foi vencedora do Pitch Fluve de Novos Artistas da SIM São Paulo. Recentemente lançou sua primeira produção instrumental.

 

**INOVAÇÃO – MÚSICA E TECNOLOGIA 

FESTIVAL AMAZÔNIA MAPPING // Pela primeira vez em uma edição totalmente virtual, o festival aconteceu em uma ilha imaginária, criada em 3D com gráficos realistas proporcionando uma experiência única de streaming que incluiu projeções de videomapping, apresentações audiovisuais, performances, oficinas e apresentações musicais que incluiu a transmissão de um show em 360 graus.

 

**INOVAÇÃO – PESQUISA EM MÚSICA

A PRESENÇA FEMININA NOS FESTIVAIS BRASILEIROS DE 2019 // Estudo realizado pela pesquisadora musical Thabata Arruda, analisou o line-up de 24 festivais brasileiros em 2019, para colher dados sobre a representatividade feminina. Os dados foram também comparados com informações colhidas desde 2016, mostrando quais festivais tiveram aumento, ou diminuição da presença feminina, revelando um crescimento tímido no número de mulheres e deixando clara a necessidade da adoção de medidas urgentes.

 

**INOVAÇÃO – TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

LA FUNDACIÓN NACIONAL BATUTA // É uma entidade sem fins lucrativos que foi criada com o propósito de contribuir para o desenvolvimento integral e a melhoria da qualidade de vida de crianças, adolescentes e jovens em zonas vulneráveis da Colômbia, através de uma formação musical de excelência, com foco no coletivo, com perspectiva de inclusão social e diversidade cultural.

 

**PROFISSIONAL DO ANO

BIA NOGUEIRA // Cantora, atriz, compositora e produtora de Minas Gerais, Bia é uma das coordenadoras do Sonora. Em 2020, participou do álbum Histórias da Minha Área, do rapper Djonga, lançou três videoclipes, além de outros oito com o Coletivo IMuNe. Em Janeiro estrelou e dirigiu o “Dandara para Todas as Mulheres”, espetáculo cênico-musical do Grupo dos Dez, com foco em questões da mulher negra nos dias de hoje. A temporada de estreia aconteceu num dos festivais de arte mais importantes de BH, o Verão Arte Contemporânea, e teve ingressos esgotados todos os dias. Como produtora cultural, o destaque fica a cargo de sua atuação como coordenadora geral e diretora artística do Festival IMuNe, projeto patrocinado pela Natura Musical e CEMIG, que se desdobrou em diversas ações, entre elas  os Rolezinhos Online (bate papos sobre racismo nas artes, além de showcases de artistas inscritos via edital), a campanha Imunidade Sonora (que distribuiu bolsas de ajuda financeira à artistas negrxs de todo o Brasil) e também ao IMuNe Experience (live-espetáculo, que contou com a presença de Djonga, Elza Soares, Coletivo Imune, entre outros e que foi projetada em edifícios da cidade). Também em 2020 fundou, ao lado da produtora Fabiana Bergamini a Sankofa Laboratório de Idéias, empresa de produção cultural, forjada para uma atuação em 360° no mercado da música.

 

**EMPRESA DO ANO

BALACLAVA // Selo musical e produtora paulista criado por Fernando Dotta e Rafael Farah, em 2020 passou a ser também editora musical.  Nos últimos anos foi responsável por trazer inúmeros shows internacionais e realizar dez edições do Balaclava Fest, com atrações nacionais e internacionais. Em 2020 aconteceu o Balaclava Digital, que além de 12 shows incluiu painéis e workshops com pessoas ligadas ao universo musical.

 

**PROJETO DO ANO

ASSIM TOCAM OS MEUS TAMBORES // Projeto que acompanhou todo o trabalho de concepção, gravação e mixagem do novo álbum do rapper carioca Marcelo D2, através de mais de 100 horas de transmissões ao vivo pela plataforma Twitch. Durante o processo, os fãs puderam acompanhar, interagir e colaborar com o desenvolvimento do álbum, que incluiu participações de diferentes músicos e produtores.

 

**ARTISTA DO ANO 

LUDMILLA // Cantora, compositora e atriz, em menos de uma década, Ludmilla gravou três discos, colecionou prêmios e é citada como inspiração por muitas mulheres, não apenas na música. Em 2020 se tornou a primeira negra latino-americana a alcançar 1 bilhão de reproduções no Spotify. Ludmilla está entre as dez cantoras negras mais seguidas no Instagram. Seu último trabalho é o EP de pagode Numanice.

 

**MUSIC AID

SALVE A GRAXA BH // Campanha em apoio à equipe técnica de eventos, com distribuição de cestas básicas durante o isolamento social. A união de mais de mil doadores e parceiros já resultou na arrecadação de 22,7 toneladas de alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal, além de mais de R$180 mil revertidos em doações para mais de 400 profissionais da área. A campanha contou com o apoio de muitos artistas como o Pato Fu, que ofereceu um violão para ser sorteado entre os apoiadores. A campanha também vendeu rifas com memorabilia doadas por músicos como Samuel Rosa, do Skank. Vários artistas mineiros como Rogério Flausino e Wilson Sideral gravaram vídeos em apoio à iniciativa, que contou até mesmo com doações arrecadadas em lives de artistas sertanejos.

 

**CONTRIBUIÇÃO À MÚSICA

LIA DE ITAMARACÁ // Uma das categorias mais especiais do Prêmio SIM, prestou uma homenagem para a rainha da ciranda, Lia de Itamaracá. Cantora desde os doze anos de idade, é patrimônio da cultura brasileira, cujo talento e história tem inspirado pessoas há décadas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Categorias:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ SIM NEWS

pt_BRPortuguês do Brasil