CONHEÇA OS VENCEDORES DA QUARTA EDIÇÃO DO PRÊMIO SIM

 A 4ª Edição do Prêmio SIM é uma homenagem a todas as pessoas, projetos, iniciativas, empresas e ideias que mantiveram a MÚSICA VIVA em 2020, que não ficaram calados e continuaram na luta mesmo com todas as restrições impostas pela pandemia e pelos ataques sofridos pelo setor cultural. “Procuramos indicar nomes não apenas pelo perfil criativo e inovador, mas também pelo lado humano que mostraram diante de todo o contexto”, afirma Fabiana Batistela, diretora da SIM São Paulo.

Neste ano, a premiação foi ampliada com 10 categorias e inclui uma mais do que especial, em reconhecimento direto aos esforços de profissionais, empresas, projetos, programas, ações públicas e privadas que auxiliaram na sobrevivência do mercado da música: a categoria Music Aid.

The choice of candidates began in February when, in an open vote here on the portal, SIM asked the general public to point out their favorite names in each of the categories. These suggestions served as a reference for the SIM 2021 Advisory Council during the finalist selection discussions, and also defined one of the nominees in each category, which is chosen by the public.

Após um mês de votação e muita campanha dos candidatos, temos o enorme prazer em divulgar a lista dos vencedores do Prêmio SIM 4ª Edição.

SIM São Paulo would like to reinforce the enormous importance of the support of brands for cultural projects, especially in these times when we face a serious health, social and political crisis. The achievement of the SIM Award was only possible thanks to the sponsorship of Calvin Klein. Thanks also to Oi, Oi Futuro and Budweiser, who supported us throughout the year 2020.

 

Conheça abaixo os  vencedores do prêmio SIM 2020:

 

**NOVO TALENTO

LUANA FLORES (PB) // DJ, beatmaker, percussionista, cantora e compositora, é uma das fundadoras do grupo Coco das Manas. Misturando eletrônico com ritmos da cultura popular nordestina, usa a música como ferramenta para o empoderamento feminino. Fez remixes para vários artistas em 2020 e foi vencedora do Pitch Fluve de Novos Artistas da SIM São Paulo. Recentemente lançou sua primeira produção instrumental.

 

**INOVAÇÃO – MÚSICA E TECNOLOGIA 

FESTIVAL AMAZÔNIA MAPPING // Pela primeira vez em uma edição totalmente virtual, o festival aconteceu em uma ilha imaginária, criada em 3D com gráficos realistas proporcionando uma experiência única de streaming que incluiu projeções de videomapping, apresentações audiovisuais, performances, oficinas e apresentações musicais que incluiu a transmissão de um show em 360 graus.

 

**INOVAÇÃO – PESQUISA EM MÚSICA

A PRESENÇA FEMININA NOS FESTIVAIS BRASILEIROS DE 2019 // Estudo realizado pela pesquisadora musical Thabata Arruda, analisou o line-up de 24 festivais brasileiros em 2019, para colher dados sobre a representatividade feminina. Os dados foram também comparados com informações colhidas desde 2016, mostrando quais festivais tiveram aumento, ou diminuição da presença feminina, revelando um crescimento tímido no número de mulheres e deixando clara a necessidade da adoção de medidas urgentes.

 

**INOVAÇÃO – TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

LA FUNDACIÓN NACIONAL BATUTA // É uma entidade sem fins lucrativos que foi criada com o propósito de contribuir para o desenvolvimento integral e a melhoria da qualidade de vida de crianças, adolescentes e jovens em zonas vulneráveis da Colômbia, através de uma formação musical de excelência, com foco no coletivo, com perspectiva de inclusão social e diversidade cultural.

 

**PROFISSIONAL DO ANO

BIA NOGUEIRA // Cantora, atriz, compositora e produtora de Minas Gerais, Bia é uma das coordenadoras do Sonora. Em 2020, participou do álbum Histórias da Minha Área, do rapper Djonga, lançou três videoclipes, além de outros oito com o Coletivo IMuNe. Em Janeiro estrelou e dirigiu o “Dandara para Todas as Mulheres”, espetáculo cênico-musical do Grupo dos Dez, com foco em questões da mulher negra nos dias de hoje. A temporada de estreia aconteceu num dos festivais de arte mais importantes de BH, o Verão Arte Contemporânea, e teve ingressos esgotados todos os dias. Como produtora cultural, o destaque fica a cargo de sua atuação como coordenadora geral e diretora artística do Festival IMuNe, projeto patrocinado pela Natura Musical e CEMIG, que se desdobrou em diversas ações, entre elas  os Rolezinhos Online (bate papos sobre racismo nas artes, além de showcases de artistas inscritos via edital), a campanha Imunidade Sonora (que distribuiu bolsas de ajuda financeira à artistas negrxs de todo o Brasil) e também ao IMuNe Experience (live-espetáculo, que contou com a presença de Djonga, Elza Soares, Coletivo Imune, entre outros e que foi projetada em edifícios da cidade). Também em 2020 fundou, ao lado da produtora Fabiana Bergamini a Sankofa Laboratório de Idéias, empresa de produção cultural, forjada para uma atuação em 360° no mercado da música.

 

**EMPRESA DO ANO

BALACLAVA // Selo musical e produtora paulista criado por Fernando Dotta e Rafael Farah, em 2020 passou a ser também editora musical.  Nos últimos anos foi responsável por trazer inúmeros shows internacionais e realizar dez edições do Balaclava Fest, com atrações nacionais e internacionais. Em 2020 aconteceu o Balaclava Digital, que além de 12 shows incluiu painéis e workshops com pessoas ligadas ao universo musical.

 

**PROJETO DO ANO

ASSIM TOCAM OS MEUS TAMBORES // Projeto que acompanhou todo o trabalho de concepção, gravação e mixagem do novo álbum do rapper carioca Marcelo D2, através de mais de 100 horas de transmissões ao vivo pela plataforma Twitch. Durante o processo, os fãs puderam acompanhar, interagir e colaborar com o desenvolvimento do álbum, que incluiu participações de diferentes músicos e produtores.

 

**ARTISTA DO ANO 

LUDMILLA // Cantora, compositora e atriz, em menos de uma década, Ludmilla gravou três discos, colecionou prêmios e é citada como inspiração por muitas mulheres, não apenas na música. Em 2020 se tornou a primeira negra latino-americana a alcançar 1 bilhão de reproduções no Spotify. Ludmilla está entre as dez cantoras negras mais seguidas no Instagram. Seu último trabalho é o EP de pagode Numanice.

 

**MUSIC AID

SALVE A GRAXA BH // Campanha em apoio à equipe técnica de eventos, com distribuição de cestas básicas durante o isolamento social. A união de mais de mil doadores e parceiros já resultou na arrecadação de 22,7 toneladas de alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal, além de mais de R$180 mil revertidos em doações para mais de 400 profissionais da área. A campanha contou com o apoio de muitos artistas como o Pato Fu, que ofereceu um violão para ser sorteado entre os apoiadores. A campanha também vendeu rifas com memorabilia doadas por músicos como Samuel Rosa, do Skank. Vários artistas mineiros como Rogério Flausino e Wilson Sideral gravaram vídeos em apoio à iniciativa, que contou até mesmo com doações arrecadadas em lives de artistas sertanejos.

 

**CONTRIBUIÇÃO À MÚSICA

LIA DE ITAMARACÁ // Uma das categorias mais especiais do Prêmio SIM, prestou uma homenagem para a rainha da ciranda, Lia de Itamaracá. Cantora desde os doze anos de idade, é patrimônio da cultura brasileira, cujo talento e história tem inspirado pessoas há décadas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Categories:

Responses

Your email address will not be published. Required fields are marked *

+ SIM NEWS

en_USEnglish