MAYA É O DESTAQUE DA COLUNA CALOOR FM DESSA SEMANA

Todas as sextas a humanidade é inundada por lançamentos musicais nas plataformas streaming e para não ficarmos de fora disso o DJ e radiomaker PATRICKTOR4 criou a playlist/coluna CALOOR FM, trazendo toda semana lançamentos que estão esquentando a cena pop tropical. Na coluna e na playlist, além de artistas brasileiros de vários estilos, lugares e linguagens, nomes de outros países trazem links, influências e referências que se conectam com nossas sonoridades.

Chegamos a mais uma atualização da playlist Caloor FM, um projeto do selo Caloor Record, com curadoria de Patricktør4, para promover a nova música pop tropical. O recorte junta artistas do selo a outros que dialogam em estilo, linguagem e tendências. Nesta semana, demos um banho de loja na seleção musical, que ganhou 10 novos lançamentos, com certo protagonismo da Bahia. Afinal, o que é que a música baiana tem ?

REGIONAL É O C****

Já faz muito tempo que o estado nordestino tem atraído para si os olhares (e ouvidos) por conta da música produzida lá. Salvador puxa a dianteira, mas o interior também nos brindou durante todo o século XX com figuras expressivas, que vão de João Gilberto a Ivete Sangalo. Desde Caymmi até os hits da axé music dos anos 1980/1990, a indústria fonográfica brasileira teve de se curvar ao boom de artistas baianos e suas produções.

Acontecia ali uma revolução de modelos de negócio – com trios elétricos e grandes festas de carnaval fora de época que se espalharam por todo país -, que desenhou, pela primeira vez, uma lógica de mercado nacional, liderada por artistas/produtores/empresários de fora do eixo Rio-São Paulo. Será que o forte mercado do sertanejo atual teria crescido e se consolidado sem a herança do modelo de atuação da axé music?

Um importante debate conceitual precisa ser travado aqui: nem a axé music e tampouco o sertanejo são tratados como música regional. Por que será? Um confronto interessante de hegemonias faz com que artistas oriundos de todo o Brasil – que não sejam do Sudeste e façam uma música com a cara do seu lugar (sotaque, sonoridade, instrumentos e ritmo) – sejam tratados como artistas regionais que fazem uma “música regional”. Entender as motivações que fazem a mídia, a publicidade, os festivais e empresários acreditarem que estas expressões são menos música brasileira que o samba, o rap paulistano ou o funk carioca lança luz sobre um debate pertinente e super atual a respeito de questões econômicas, sociais, de identidade e território.

A novíssima música grave emergente na Bahia está altamente conectada ao trap, RnB, reggae, dancehall e sobretudo ao pop contemporâneo, sem em momento algum deixar de ter um intenso suingue baiano, muita percussão de matriz africana, letras que não estão longe dos pagodes originários e muito menos dos discurso de empoderamento dos tradicionais blocos afro.

Na playlist desta semana, chamamos atenção para a cantora baiana Maya, que lança agora “Néctar”, depois da sua bem-sucedida estreia com a faixa “Faca Amolada”. Tem também o som lindo, suave e sensual do encontro de Yan Cloud com ZambaNubeat e Chibatinha (ATTOOXXA); a remaster de Lycra Limão de Lucas Santtana, relançada pelo selo inglês Mais Um Discos; o BaianaSystem se juntando a Chico César em Brasiliana. Trazemos ainda Gilsons e Jovem Dionísio, além de Psirico featando com Bianca. Isso só pra falar dos baianos e baianas. Vale ouvir o incrível espanhol C.Tangana, com um trabalho pop delicado e potente, cheio de elementos da cultura espanhola (se você curte a Rosalía, preste atenção ao Tiny Desk dele). E, para encerrar as atualizações da seleção, há o rei do reggaeton, Daddy Yankee, e a novidade brasileira Alulu, com seu albinho já super elogiado por Céu e Caetano.

PS: Nenhum destes artistas da playlist parecem música regional, nem mesmo os estrangeiros. Regional é o seu preconceito!

Segue, lê e aperta o play no

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Categories:

Responses

Your email address will not be published. Required fields are marked *

+ SIM NEWS

en_USEnglish