CONHEÇA A VERSÃO DE FRANCISCO, EL HOMBRE PARA RODA VIVA

Formada em 2013 por dois mexicanos naturalizados brasileiros, a banda Francisco, el Hombre, é uma banda difícil de classificar. A sonoridade da banda traz elementos de música brasileira que junto à incontáveis influências latinas cria uma sonoridade muito particular, que já foi chamada de mistura de Manu Chao e Nação Zumbi, ou um grupo de Pachanga Folk, ou batuk freak tripicarlos, em uma definição da própria banda.

A verdade é que, independente de como é chamada, essa sonoridade deu certo, desde o início a banda só aumenta a base de fãs e seus trabalhos são sempre calorosamente recebidos por público e crítica. Com dois álbuns lançados, em 2017 foram indicados ao Grammy Latino de melhor música em língua portuguesa pela canção Triste, Louca ou Má.

O lançamento mais recente da banda foi uma versão de Roda Viva, um clássico da música brasileira composto por Chico Buarque em 1967. A gravação faz parte da trilha sonora de A Fantástica Fábrica de Golpes (The Coup d’État Factory), um documentário de Victor Fraga e Valnei Nunes, que destrincha o colapso da democracia brasileira a partir do golpe que resultou no impeachment de Dilma Rousseff. O filme é uma co-produção entre o Brasil e o Reino Unido.

“‘Roda Viva’ é uma música cíclica, que vai acontecendo de novo e de novo, sempre levemente diferente, porém em ciclos. Acho que essa característica tem uma analogia forte com as fases da história”, pensa Mateo Piracés-Ugarte (voz e violão), que completa:  “O contexto em que essa música surgiu, após o golpe militar de 64, traz muitas semelhanças com o período que vivemos atualmente, com crises políticas, questionamento sobre os direitos básicos humanos, manipulação midiática… Tudo isso parece se repetir na história, que é cíclica como a canção”.

A releitura realizada pela banda, cheia de inspirações latino-americanas, teve a participação do instrumentista Rodrigo Rojas nos teclados. Em um arranjo ousado, a banda interferiu na letra,  promovendo um encontro entre duas obras de Chico Buarque. Outro clássico do compositor, Apesar de Você, que também é um hino de resistência à ditadura, aparece como citação.

A música já está disponível em todas as plataformas de streaming e também teve um clipe, com direção de Gabi Jacob, que você pode conferir abaixo.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Categories:

Responses

Your email address will not be published. Required fields are marked *

+ SIM NEWS

en_USEnglish