SAIBA QUAIS SÃO OS INDICADOS A EMPRESA DO ANO NO PRÊMIO SIM

No dia 31 de março acontece a quarta edição do Prêmio SIM, uma homenagem a todas as pessoas, projetos, iniciativas, empresas e ideias que mantiveram a MÚSICA VIVA em 2020. São dez categorias e quem define o vencedor em cada uma delas é você. Escolha o seu predileto e vote aqui nesse link.

A cada dia publicaremos, aqui no portal, uma lista detalhada dos indicados em uma das categorias. Hoje é a vez de conhecer os concorrentes ao prêmio de Empresa do Ano, destinado a uma organização jurídica do mercado da música que se destacou em 2020, não apenas pelo trabalho e inovação, mas também por uma postura humanitária e a promoção da inclusão e igualdade em seus quadros. Os vencedores serão conhecidos em uma cerimônia no transmitida aqui no Portal da SIM.

 

INDICADOS A EMPRESA DO ANO:

 

ALTAFONTE BRASIL // Distribuidora digital independente com profissionais atuando em dez países, que trabalha com conteúdos musicais e audiovisuais de artistas, selos e produtores em todas as plataformas digitais no Brasil e no mundo. É também uma editora musical que oferece um serviço global, personalizado e sem intermediários, rápido e eficiente de alta tecnologia. Em 2020 foram responsáveis pelo lançamento da obra completa de Itamar Assumpção no âmbito digital.

 

AUR, // Plataforma de comunicação focada na cultura negra. Em pouco mais de quatro anos, já realizaram mais de 200 entrevistas, produziram showcases digitais e uma série documental sobre o carnaval carioca. Em 2020 lançaram o projeto multiplataforma Proteja Os Seus Sonhos (POSS), idealizado junto com o produtor Theo Zagrae e em parceria com a MangoLab e a Slap Música (selo da SOM Livre). O projeto é uma celebração da cultura preta que reuniu 15 artistas em um álbum visual, um curta metragem e nove videoclipes.

 

BALACLAVA // Selo musical e produtora paulista criado por Fernando Dotta e Rafael Farah, em 2020 passou a ser também editora musical.  Nos últimos anos foi responsável por trazer inúmeros shows internacionais e realizar dez edições do Balaclava Fest, com atrações nacionais e internacionais. Em 2020 aconteceu o Balaclava Digital, que além de 12 shows incluiu painéis e workshops com pessoas ligadas ao universo musical.

 

BOOGIE NAIPE // Conhecida como a produtora responsável pelas carreiras dos Racionais e Mano Brown, tem como objetivo oferecer entretenimento cultural presencial e online engajados com propósitos na elevação social, respeito e educação. Em 2020, conseguiram manter todo o quadro de funcionários, mesmo na pandemia, lançaram o selo Labbel Records, focado em jovens artistas do Trap, como Yunk Vino e Danzo. Assinaram contrato com Liniker, que lançou seu primeiro single “Psiu” e em breve estará em 200 países, gravaram clipe com Mano Brown e prometem novidades de Racionais para 2021.

 

DIFUSA FRONTEIRA // A Difusa Fronteira representa todas as produtoras que, apesar da tempestade de 2020, conseguiram seguir em frente na luta pela produção cultural independente no Brasil e na América Latina e produzir muito conteúdo mesmo em isolamento social. Realizaram 3 edições online do Festival Mucho, com a maioria dos shows gravados em lugares emblemáticos de São Paulo, 25 apresentações presenciais antes da pandemia, 11 lives, lançaram 20 singles e 2 álbuns de seus artistas. Além de 15 videoclipes, sendo um deles “Matilha” da Francisco, El Hombre, premiado como Melhor Videoclipe da América Latina no Buenos Aires Music Video Awards.

 

FOR MUSIC // Empresa dedicada à promoção de artistas e projetos internacionais no país, produz eventos corporativos, campanhas publicitárias e conteúdo audiovisual. A empresa também inclui os sites MadSound.com.br e Wikimetal e dois selos: Wikimetal Music e o ForMusic. Em 2020 lançou o For Music Socials, agência de marketing digital focada em campanhas nas redes sociais, e pelo segundo ano consecutivo foi certificada como um Excelente Lugar Para Trabalhar pelo GPTW Brasil.

 

LABORATÓRIO FANTASMA // “No DNA da Lab está gravada a coletividade”, que a empresa soube usar muito bem em 2020. Foram inúmeros projetos criados e realizados em parceria com marcas, organizações sociais e espaços midiáticos. Entre os mais importantes, estão a Lab Fantasma TV, um canal na plataforma Twitch, cujo foco é a valorização da cultura afro-brasileira, protagonizado por seus artistas. Também foram responsáveis pela concepção e produção do documentário AmarElo – É Tudo Pra Ontem, disponível na plataforma Netflix, além do projeto audiovisual AmarElo Prisma, que distribuiu conteúdos de conscientização e informação para várias plataformas digitais, lançado após o disco.

 

MUSIC2 / MYND // Consolidaram-se em 2020 como a maior agência de marketing de influência e entretenimento do Brasil. Com mais de 200 agenciados artistas, cantores, influenciadores, conta com o maior cast de artistas e creators negros LGBTQIA+ do Brasil. Seu quadro de funcionários cresceu (time formado por 40% de pretos/as em todos os níveis hierárquicos, mais de 50% de mulheres em mais de 50% e LGBT), assim como o faturamento da agência – fechado em 150 milhões. Ano passado, lançaram também a Banca Digital, que uniu mais de 30 perfis de entretenimento do Instagram para comercializar publicidade, possibilitando que a marca parceira fale com mais de 100 milhões de usuários e potencializando conteúdos em real time.

 

NOIZE // A produtora esteve à frente de grandes projetos musicais em 2020, como o documentário do encontro entre Gilberto Gil e Baiana System em Salvador, disponível na Globoplay, e o Festival dos Festivais, para quem produziu mais de 34 lives durante o evento. Já o Noize Record Club, maior clube de discos da América Latina, teve sua maior evolução durante o ano passado, com crescimento de 30% em suas assinaturas e lançamentos dos vinis de Marcelo D2, MV Bill, Gal Costa, Russo Passapusso, Marisa Monte, Luiz Melodia, etc. Além disso, outros núcleos da empresa, como a Fuzz e a Grito, também estiveram envolvidas em trabalhos com marcas, conteúdo sob demanda e gerenciamento de redes sociais para personalidades, atletas e artistas.

 

TRACE BRASIL // Lançado no Brasil em 2020, é a versão brasileira do canal Trace Urban, voltado à cultura afro-brasileira, diversidade e inclusão. Em uma parceria com o Boticário e Almap, lançaram a série Como Ser Antirracista, com apresentação de Djamila Ribeiro. Outra iniciativa importante é o quadro AfroNegócios, exibido dentro do programa Trace Trends, um espaço para microempreendedores em que convidados falam sobre suas dificuldades e superações, inspirando e fortalecendo o afroempreendedorismo.

 

UNIÃO BRASILEIRA DE COMPOSITORES – UBC // Fundada em 1942, a associação de direitos autorais hoje representa mais de 40 mil associados. Em 2020, lançaram o Relatório Por Elas Que Fazem a Música, um estudo anual sobre a participação feminina (compositoras) no quadro de associados. Lançaram o Fundo Juntos pela Música em parceria com o Spotify, que ajudou pouco mais de mil titulares da UBC com uma doação de R$ 1,6 mil cada. Além disso, promoveram o Festival 24h Juntos pela Música, para potencializar a captação de fundos para o projeto, ficando 24 horas no ar no Instagram da UBC com entrevistas com diversos artistas. E finalmente, finalizaram o Projeto Impulso, de capacitação e mentoria de três artistas, selecionados em 2019 entre 400 inscritos.

 

 

 

 

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Categories:

Responses

Your email address will not be published. Required fields are marked *

+ SIM NEWS

en_USEnglish