CINCO CONTINENTES CONECTADOS NO CONSELHO CONSULTIVO INTERNACIONAL

Em 2020, o Conselho Consultivo da SIM São Paulo ganha reforços internacionais. Somam-se aos 42 agentes com forte atuação no mercado brasileiro, um time de notáveis vindos dos cinco continentes no Conselho Consultivo Internacional, o iCCSIM.

Formado por 44 representantes dos mercados da América, Europa, África, Oceania e Ásia, o iCCSIM nasce com a missão de conectar ainda mais a indústria da música internacionalmente.

Saiba mais sobre estes profissionais que também já confirmaram presença na SIM 2020:

Alain Lahana é promotor de shows há mais de 40 anos. Começou em meados dos anos 70 quando a cena punk emergiu e trabalhou com artistas como Iggy Pop, Depeche Mode, REM, David Bowie, Patti Smith, Phil Collins, Nick Mason, Corrs e Rolling Stones. Atualmente, é empresário de Carla Bruni.

Alejandra Gómez é fundadora e diretora da Biche, espaço de produção musical alternativa em Bogotá. Também é empresária de Frente Cumbiero e booker na Colômbia de Ava Rocha, Romperayo, La Perla, El Leopardo, Son Rompe Pera, Dani Boom, María del Rosario e Mario Galeano. É integrante da MMF LATAM desde 2015 e co-fundadora do coletivo Todopoderosa que luta por equidade de gênero na música latina independente.

Andrea DaSilva é líder do time global de Indústrias de Mídias e Entretenimento, Administração do Comércio Internacional no Departamento de Comércio dos USA.

Camilo Sequeira é diretor da Doble Cinco, diretor e programador da Sala del Museo, co-organizador da Cosquin Rock Uruguay, co-organizador do festival The New Generation. Empresário da Cuatro Pesos de Propina e Eli Almic & djRC.

Carmen Barahona é promotora musical e fundadora e diretora do multidisciplinar festival En Órbita, que já teve edições em Santiago, Nova Iorque e Lima. Também colabora no desenvolvimento de projetos artísticos e na curadoria de conteúdo de instituições como o Alma Observatory, grupos do MIT Media Lab e o Museu de Arte Pré-Colombiano chileno.

Clarissa Mota é produtora da Bacana, agência de shows baseada em Barcelona que representa artistas de vanguarda de vários estilos musicais. Fundada em 1998, originalmente em Berlim, a Bacana ganhou reputação internacional com turnês de artistas inovadores como Gilberto Gil, Liniker e os Caramelows e BaianaSystem.

Crispin Parry é um produtor de showcase com mais de 20 anos de experiência  que vão do Nashville’s Americanafest às Olimpíadas do Rio. Com experiência em jornalismo, ele escreveu para The Times e Q Magazine e é fundador do British Underground. Em 2017, começou a produzir showcases de tecnologia imersiva no SXSW, em parcerias com organizações como BBC, Royal Shakespeare Company e NASA.

Cristina Fina há muitos anos produz e administra eventos internacionais de música e cinema na Itália, França e Portugal. É fundadora da La Strada, agência de booking especializada em jazz e música internacional. Desde 2010, é responsável pelas estratégias de desenvolvimento internacional da Puglia Sounds e MEDIMEX, na Itália.

Darryl Hurs tem 25 anos de história na indústria da música, e está à frente da Indie Week, no Canadá. Trabalhou com design gráfico/webdesign e ativações de marca para a Live Nation, em projetos com artistas como U2, Nickelback, Madonna, Beyonce, Jay-Z e Dave Matthews e o lançamento da VIPNATION.com.

David McLoughlin trabalha há cerca de 25 anos com lançamento, venda, promoção e produção de música. Passou por empresas como Tower Records, Atração, MCD, Eldorado, Sum Records, Trama, The Orchard, RN-14, BM&A, Brasil Music Exchange, Vinil Brasil e centenas de clientes ao longo do tempo. Hoje em dia, está a frente da Brasil Calling.

Elodie DaSilva é diretora do emblemático selo Lusafrica (responsável pela carreira de Cesária Évora) e da editora Africa Nostra. Foi programadora do Kriol Festival (Cabo Verde), diretora do AME (Antlantic Music Expo) e presidenta da MusiConnect Association. Atualmente, atua como consultora em várias instituições do mercado africano.

Evelyn Sieber é diretora de programação de showcase no Reeperbahn Festival. Além disso, monta projetos internacionais, incluindo o Reeperbahn Festival International Spin-Offs da China à África. Antes de começar no Reeperbahn Festival em 2010, foi diretora de produção e projetos especiais na WOMEX.

Fernando Ladeiro-Marques é o diretor da MaMA e co-criador e co-diretor da MIL Lisbon International Music Network. Ao longo de sua trajetória, também esteve envolvid com eventos como Le Printemps (Bourges), Bam (Barcelona), Green Energy (Dublin), Cosmopolis (Lisboa), Euroconnections (Praga, Budapeste, Varsóvia, Bratislava e Berlim), / Move (Praga), Europavox (Clermont-Ferrand), Rock Pop Festival (Bratislava), DongDong, (Pequim) e outros.

Glenn Dickie é produtor de exportação musical da Sounds Australia. Com experiência em marketing e publicidade, passou mais de uma década na EMI Music Australia trabalhando com artistas comp You Am I, JET, Miami Horror, PEZ, Oh Mercy, Ricki-Lee, Katy Perry, Lily Allen e Sigur Rós.

Gonçalo Riscado é diretor da CTL, que realiza projetos como Musicbox Lisboa, MIL – Lisbon International Music Network, Jameson Urban Routes, Festival Silêncio, Liveurope e JUMP – European Music Market Accelerator.

Helene Broch é diretora internacional e consultora sênior do projeto Music Norway, seus programas, estratégias de marketing e outras atividades de iniciativas de exportação.

Herman Kabubi é programador, consultor, curador e poeta sob o nome Slim Emcee (UG). Ele é diretor de programação na Bayimba Foundation em Kampala, Uganda, responsável por diversos eventos ao longo do ano, como Amakula International Film Festival, DOADOA – East African Performing Arts Market, Bayimba International Festival of the Arts e Kampala International Theatre Festival.

Jean-Philippe Sauvé gerencia o programa de exportação de música na SODEC, agência governamental que apoia as indústrias culturais de Quebec. Também é músico e especialista em políticas culturais internacionais, tendo trabalho com o tema na INRS-Montreal e UNESCO. Tem interesse de longa data em música e cultura brasileira.

Joel C. High é o atual diretor musical na Trimark Pictures and Lionsgate. Supervisor musical independente com mais de 150 créditos em projetos de Cinema, TV e Games, trabalha para Tyler Perry Studios e é presidente e fundador da Guild Of Music Supervisors.

Manuel Correia da Silva é diretor do This is My City Festival e co-fundador de vários projetos criativos, incluindo Lines Lab, None of Your Business e a Associação Cultural +853. Fez parte da da banda de rock chamada Rollana Beat. Nasceu em Portugal, cresceu entre Lisboa e Macau e agora vive na região do Delta, na China.

Marc Lloret é Diretor Artístico da MMVV desde 2011. Em 2004 começou a trabalhar em festivais de música em Málaga (AV) e Barcelona (Hipersons, 2004-2007). Em 2005 co-organizou a primeira edição do popArb Festival em Arbúcies (Girona, Espanha). De 2006 a 2009, trabalhou na empresa de gestão e produção de jazz Produccions Contrabaix. Ele também coordenou o guia de Sons Catalães, publicado pelo Institut Ramon Llull.

Marc Wohlrabe é co-fundador do Clubcomission Berlin e está à frente da Steinland Consult como especialista em políticas de vida noturna. É co-fundador e diretor da conferência de vida noturna Stadt Nach Acht, membro da diretoria do German Club, Music Venue and Festival Organization Livekomm e, representa a Alemanha na diretoria do European Club, Music Venue and Festival Organization LiveDMA.

Martin Goldschmidt é fundador da Cooking Vinyl e co-fundador do Palestine Music Expo. Membro do conselho da AIM Impala, & WIN, foi fundador da distribuidora online Uploader, criou a Essential Music & Marketing e a Coda, uma das maiores agências da Europa.

Miguel Angel Garrido é fundador e CEO da Charco Musica: agência de promoção de festivais, booking, marketing e relações públicas voltada ao desenvolvimento da música ibero-americana. Nos últimos 20 anos, trabalhou com booking e produção de turnês na Ásia, Europa e América ao lado de artistas como Mon Laferte, Fito Paez, Babasonicos, Molotov, Natalia Lafourcade, Russian Red, Illya Kuryaki & the Valderramas, Gepe, Macaco, Kevin Johansen, Onda Vaga, Nacho Vegas, Carla Morrison, Nortec Collective e Mateo Kingman.

Mike Strano é diretor e fundador da PHAT! Music & Entertainment Limited, no Quênia. Há 20 anos, explora o mercado da música africano. A PHAT! é responsável pela ONGEA! , realizadora da The Eastern Africa Music Summit, pela SHEER Publishing Africa, entre outros. Ele também é diretor fundador da MyMoviesAfrica e membro-fundador da Music Publishers Association of Kenya (MPAKE).

Millie Millgate é produtora executiva da Sounds Australia. Tem sido fundamental no crescimento da Sounds Australia em todo o mundo, tendo supervisionado a atividade de marketing, networking e showcasing realizada em 80 eventos internacionais (muitas vezes múltiplas vezes), em 69 cidades, em 25 países, desde 2009. É coautora do estudo Born Global: The economic and cultural value of Australian music exports, realizado em 2019.

Myla Hardie mora em Los Angeles e tem 25 anos de experiência profissional na área da música, nos palcos e fora deles. Divide seu tempo entre sua carreira de artista e a administração da Worldhaus Music, selo e empresa de gerenciamento de artistas, músicas, e conteúdo de mídia com atuação nos USA, Brasil e Reino Unido.

Neeta Ragoowansi é advogada de entretenimento e atua no mercado da música há mais de 25 anos. É co-fundadora da NPREX (National Performing Rights Exchange). Também é presidenta do Fórum de Empresários de Música – US (MMF-US), co-presidenta e diretora global da Women in Music e presidente da Força Tarefa de Diversidade do Fórum sobre as Indústrias de Entretenimento e Esportes da Ordem dos Advogados Americana.

Noela Salas participa da diretoria da Corporación la Makinita, é diretora executiva do programa internacional de música IMESUR e é diretora de extensão do Teatro Popular Ictus, em Santiago, Chile. Ativa em associações comerciais, como a rede SatéliteLAT (associação de mulheres na música latino-americana), faz parte da diretoria da IMICHILE (associação comercial da indústria musical independente no Chile), porta-voz da ROMMDAChile (Rede de Mulheres na Música e Dissidentes Associados) e coordenadora da associação ADIMI para o desenvolvimento da música ibero-americana.

Octavio Arbeláez é advogado, com mestrado e doutorado em filosofia e design. É diretor do Circulart Iberoamerican Music Market (Medellín), diretor do Maps Market of the Performing Arts of the South Atlantic (Tenerife) e diretor do International Festival of Arts (Costa Rica).

Oliver Knust é diretor da Chilemúsica, que trabalha para a exportação da música chilena, e co-diretor do festival e conferência Fluvial. Também é fundador da associação comercial IMICHILE, membro do conselho da WIN, diretor e fundador da gravadora Discos Río Bueno e da agência de booking e comunicações La Unión. Trabalhou com mais de vinte bandas do setor independente chileno durante os últimos 15 anos.

Otto Ballaben é CEO da Arepa Music, empresa que projeta estratégias para desenvolvimento de projetos musicais, e diretor criativo da ECOEM, plataforma de negócios dedicada à criação e construção de empresas e idéias inovadoras de negócios. Também é Country Manager da Ditto Music Venezuela, fundador do programa Co Orange Seeds e do Festival Co Fundador Paix.

Paula Rivera é vice-presidenta do INAMU e co-fundadora e diretora do SateliteLAT – Mulheres da Indústria da Música da América Latina. Gerente cultural com mais de 15 anos de experiência na indústria latino-americana, desde 2018, desenvolve estratégias para promover a música argentina nos mercados mundiais.

Peter Astedt trabalha na indústria musical há mais de 30 anos. Sua mais nova empresa é a Discovery Sensation, braço do Musichelps dedicado a criar oportunidades de showcases para artistas ao redor do mundo. Também atua na rádio Cashbox, na Cashbox Magazine e Record World, no Canada.

Rev. Moose é fundador da Marauder, empresa de marketing musical lider no no mercado norte-americano. Está na vanguarda do desenvolvimento de artistas e organizações de todo o mundo, tendo atuado na construção dos seus serviços de rádio, publicidade e marketing da The Syndicate em todo o mundo.  Seu trabalho na Independent Venue Week nos EUA ajudou a criar a NIVA para organizar e apoiar as casas de shows e promotores independentes locais.

Robert Singerman é sócio da LyricFind, .MUSIC, Mondo, SyncSummit, YouBloom, Heaven11 e outras empresas. Como empresário, agente, gerente, executivo de selo, consultor, produtor e supervisor musical, Singerman já representou R.E.M., Gipsy Kings, James Brown, Suzanne Vega, Violent Femmes, 10.000 Maniacs, Smithereens, Fela Kuti, Bad Brains, pré-Beastie Boys e King Sunny Ade, entre muitos outros artistas.

Ruth Daniel é pesquisadora honorária da Universidade de Manchester e CEO do In Place of War. Tem liderado uma gama diversificada de iniciativas artísticas e de construção da paz em todo o mundo e desenvolveu e implementou mais de uma centena de programas culturais em locais de conflito e desvantagem, tais como zonas de guerra, zonas pós guerra e áreas de privação econômica.

Sergio Arbeláez é diretor da FIMPRO, Consultor da Circulart e da Redlat Colômbia e co-fundador da Relatable. Gerente cultural com mais de 15 anos de experiência, trabalhando entre o México e a Colômbia, Acredita que a música e a cultura podem transformar a sociedade e ajudar a economia e construir o bem-estar social e mental.

Sergio Elmir é criador do Futuro Libre Creative Agency (FLCA), que atua em programas de mentoria e aliança com artistas e audiências que se identificam como Negros, Indígenas e Pessoas Racializadas (BIPOC). Trabalham com artistas atino-canadenses comoThe Mariachi Ghost, New Tradition Music, LOLAA, e Los Poetas e instituições culturais como The Indigenous Performing Arts Alliance, The International Indigenous Music Summit, The Music Gallery, Global Toronto 2020, LulaWorld Records, TD Jazz Fest, Toronto Fringe Festival e muitos outros.

Soco Collado há 20 anos gerencia a A.R.T.E. – Asociación de Representantes Técnicos del Espectáculo, maior associação espanhola de música ao vivo, composta por 270 empresários, promotores, produtores de shows e diretores de festivais.

Sungchun Lee é diretor executivo da Seoul Music Week (Semana de Música de Seul) e Produtor Chefe da Soundpuzzle (Agência Internacional e Gravadora).

Tina Wroblewski é presidente da LaTina Productions, booker internacional, empresária e promotora cultural, nascida na Colômbia e residente no Canadá. Atua como gerente de turnê/booker na gravadora colombiana Tambora Records e gerente de projetos culturais da LOA Productora. Fundadora do projeto social “Proyecto Prizmacolor” de Medellín, Colômbia, que trabalha para transformar espaços educacionais através da promoção da arte e da cultura, ela é atualmente consultora regional e internacional da Global Toronto. Trabalha com artistas colombianos que misturam música tradicional com estética contemporânea como Colectro, Byron Sánchez Cuarteto, La Mambanegra, Los Gaiteros de Ovejas e Blisk

Vanessa Reed é presidente e CEO da New Music, que promove conexões, acesso a conhecimento e apoio à música nos USA. É fundadora e presidente honorária do premiado programa Keychange para o equilíbrio de gênero na indústria da música (www.keychange.eu). Além disso, faz parte do Leeds College of Music e da Royal Society of the Arts.

Weining Hung é co-fundadora do LUCfest, em Taiwan. Força impulsionadora para a entrada de músicos asiáticos no mercado europeu, também é gerente internacional de artistas como Phum Viphurit e ADOY. Atualmente, divide seu tempo entre a Ásia e a Europa e é apaixonada por estimular atividades de networking e construir uma plataforma da indústria musical asiática.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Categorias:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ SIM NEWS

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil