INTERNET OFERECE FERRAMENTAS EXCLUSIVAS PARA MÚSICOS

No ano passado o Spotify anunciou o teste de uma ferramenta chamada Discovery Mode que ajudaria os músicos a ter suas faixas incluídas em playlists. Artistas e gravadoras não precisam pagar nada, mas ao optarem pelo serviço, eles deveriam concordar em receber uma taxa de royalties ainda mais baixa para as transmissões nessas sessões personalizadas, em rádios e reprodução automática.

Em meio ao anúncio muita gente questionava se isso não poderia caracterizar pay-to-play, prática ilegal que no Brasil é popularmente conhecida como jabá.

Discussões à parte, é bem provável que muitos músicos aceitassem os termos para tentar promover seu trabalho. Com a facilidade de disponibilizar músicas nas plataformas digitais, vem também um aumento na oferta e uma maior dificuldade para que os artistas tenham visibilidade e consigam algum tipo de destaque em meio às milhares de músicas lançadas diariamente em todo o mundo.

É importante lembrar que nem todos os músicos possuem estrutura ou mesmo conhecimento para gravar, lançar e promover suas obras. A boa notícia é que hoje em dia existe um número enorme de ferramentas e sites online que pretendem facilitar esse trabalho.

É claro que nenhuma delas substitui o olhar de um especialista, de um profissional do mercado da música que entende as flutuações e os direcionamentos do setor, mas vale conhecer alguns desses serviços e saber como podem ser utilizados a favor dos artistas.

GERENCIAMENTO DE CARREIRA:

Um bom exemplo é o site Music Fibre, um diretório gratuito e em constante crescimento da indústria da música, que traz indicações de distribuidores digitais, licenciamento, agentes, designers, etc. O site está em constante crescimento, mas já oferece algumas opções principalmente para quem pensa em algum trabalho futuro no exterior.

Outro site que pode ajudar nessa busca é o Sonicbids, que funciona como uma central para promover oportunidades e mostrar trabalhos a promoters e casas de shows, além de facilitar a conexão entre músicos.

Já a distribuidora digital DistroKid está lançando um novo serviço chamado Upstream que permitirá que artistas independentes usem a plataforma para compartilhar dados com gravadoras na esperança de conseguir um contrato.

DESIGN:

Um serviço interessante é oferecido pelo Soundplate Cover Art Generator, uma ferramenta gratuita para músicos e curadores de playlists com a qual que você pode criar capas rapidamente utilizando um arquivo de imagens livres de direitos autorais.

WEB

Para a web existe o dlvrt.it, que permite que você realize postagens automaticas no Twitter, Facebook e outras redes sociais de acordo com sua programação.

COMPOSIÇÂO:

Existem ainda ferramentas que ajudam na composição, como por exemplo o Autochords, um gerador de progressão de acordes que pode ser bastante útil, ou ainda o LANDR COllaboration, que permite que você compartilhe links privados com outros músicos para que eles possam opinar e colaborar com sua composição. Há também o Audiotool, que funciona como um estúdio colaborativo de produção musical online. E para quem quer arriscar os primeiros passos como beatmaker, vale uma olhada na iO-808 site que reproduz a clássica bateria eletrônica Roland TR-808. No site existe um tutorial que ensina como utilizar todos os recursos dese sequenciador. Para quem procura algio mais simples existe também o Pattern Sketch, com uma plataforma mais intuitiva.

Esses são apenas alguns exemplos da variedade de serviços online que podem ser aproveitados pelos músicos. Existem alguns milhares de aplicativos para desktop, aparelhos móveis, muitos deles gratuitos e que podem não apenas expandir as possibilidades de seu trabalho, mas também estimular a criatividade e a colaboração. Vale a pena gastar um tempo nessa pesquisa.

 

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Categorias:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ SIM NEWS

pt_BRPortuguês do Brasil