SIM NEWS

KAÊ GUAJAJARA TRAZ SEU RAP DE RESISTÊNCIA AO PITCH DE NOVOS ARTISTAS

Nascida em Mirinzal (MA)  e pertencente à etnia Guajajara, Kaê se mudou para o complexo de favelas da Maré (RJ) ainda criança e teve sua vida marcada por preconceitos e racismo por conta de seus traços e sua origem. Mais que uma expressão artística, ela vê na música e no rap com extensa variedade de sonoridades um caminho de resistência e manifestação contra o silenciamento dos povos originários imposto pelos colonizadores e perpetuada até hoje pelos seus descendentes.

Rapper, atriz, arte educadora, Kaê é também ativista, fundadora do Coletivo de indígenas em contexto urbano Azuruhu e,  como escritora, lançou seu primeiro livro Descomplicando com Kaê Guajajara – O que você precisa saber sobre os povos originários e como ajudar na luta antirracista, em 2020.

Em 2019 Kaê lançou seu primeiro EP, Hapohu, em que relata suas vivências invibilizadas.  Em 2020 vieram mais dois EPs, Uzaw, no qual a narrativa se estende ao genocídio dos povos indígenas mascarado e de evolução, e Wiramiri em, que promove uma conexão entre ancestralidade e futurismo.

Seu trabalho mais recente é Kwarahy Tazy, o primeiro álbum visual de uma artista indígena no Brasil. Com dez faixas, teve produção de Patrick Zaun e levou um ano para ser realizado;  traz uma análise acurada sobre a realidade dos povos originários no Brasil.

Esse trabalho também inaugura uma nova fase na carreira de Kaê Guajajara, que assina todos os roteiros dos clipes do disco. O primeiro deles, Por dentro da Terra, antecipou o lançamento do álbum. Os outros clipes serão revelados aos poucos.

Sobre ser escolhida para o PITCH DE NOVOS ARTISTAS, Kaê diz: “Participar do Pitch SIM SP é fundamental para ecoar vozes que estão em favelas e aldeias distantes, dois lugares onde as ferramentas são inacessíveis, o que consequentemente torna os povos indígenas na cena musical invisíveis comparando com outros grupos. É uma oportunidade de mostrar que estamos vivos e produzindo conteúdos de relevância”. E completa, “recebemos a notícia com muita emoção, especialmente pelo fato de participar do SIM SP ao lado de tantos talentos também selecionados para o Pitch, o que mostra muita potência. O Pitch apresentará o meu trabalho ao vivo e também um clipe produzido pela Azuruhu, coletivo de indígenas em contexto urbano”.

Boa sorte para Kaê Guajajara!

Ouça aqui mais músicas de Kaê Guajajara:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ SIM NEWS

pt_BRPortuguês do Brasil