MEMBROS DO CONSELHO DA SIM ESCOLHEM OS DISCOS E SINGLES DO ANO

O ano de 2020 foi difícil. Com a paralisação dos eventos presenciais por conta da pandemia da Covid-19 muitos shows, turnês e festivais foram cancelados. Ainda é cedo para ter uma ideia exata do quanto tudo isso afetou o futuro da música em todo o mundo. Provavelmente muitas casas irão fechar, o modo de consumir música será diferente e a indústria terá que se adaptar aos novos tempos.

Mesmo diante de todo esse cenário distópico, a produção musical se manteve. Durante o ano muitos álbuns e singles incríveis foram lançados, clipes foram gravados e os artistas descobriram uma nova linguagem, um novo modo de se apresentar virtualmente, que foram as lives.

E nessa época aparecem muitas listas de melhores do ano, normalmente publicadas pela imprensa musical, lojas de discos, etc. Resolvemos então conversar com alguns membros do Conselho Consultivo da SIM para saber quais foram suas predileções. Hoje conheceremos os três discos favoritos de 2020 e também os singles, e amanhã publicaremos a lista das lives e clipes prediletos.

 

 

JUNIOR CAMARGO:

Melhores álbuns do ano:

Jup do Bairro – Corpo Sem Juízo

Rico Dalasam – DDGA

Pabllo Vittar – 111

Melhor single do ano:

Jup do Bairro ft Linn da Quebrada & Rico Dalasam – All You Need Is Love

 

CIÇA PEREIRA:

Melhores álbuns do ano:

Geovana – Brilha Sol

Luedji Luna – Bom Mesmo É Estar Debaixo D’água

Mateus Aleluia – Orolun

Suplente:

Bk – O lider em movimento

Melhor single do ano:

Liniker – Psiu

 

JULI BALDI:

Melhores álbuns do ano:

Luedji Luna – Bom mesmo é estar debaixo d’água

Mateus Aleluia – Olorum

Tagua Tagua – Inteiro Metade

Melhor single do ano:

Gilsons e Julia Mestre – India

 

JULIANO ZAPPIA:

Melhores álbuns do ano:

OLORUM –  Mateus Aleluia

Orin, A língua dos anjos – Orquestra Afrosinfônica

Mente – Thiago Nassif

Melhor single do ano:

Mateus Aleluia – Kyriê! Epa Babá…

Luedji Luna – Chororo

Gui Held  – A Cura

 

COY FREITAS:

Melhores álbuns do ano:

Mateus Aleluia/Orolun

Marcelo D2/Assim Tocam Meus Tambores

Orquestra Afrosinfônica / Orin.

Melhor single do ano:

Criolo/Milton Nascimento/Amaro Freitas – Não Existe Amor em SP

 

CAROL MORENA:

Melhores álbuns do ano:

Zé Manoel – Do meu coração nu

Marcelo D2: Assim tocam os meus tambores

Rastilho – Kiko Dinucci

Melhor single do ano:

Tangolo Mangos: hipoteses_telhas_pandas_ovelhas.wav

 

FABRÍCIO NOBRE:

Melhores álbuns do ano:

Marcelo D2 – Assim Tocam Meus Tambores

Carabobina – Carabobina

Kiko Dinucci – Rastilho

Melhor single do ano:

Luedji Luna “Bom mesmo é estar debaixo d’água”

 

FABIO SILVEIRA:

Melhores álbuns do ano:

Fiona Apple – Fetch The Bolt Cutters

Orquestra Afrosinfônica – Orín, A Língua dos Deuses

Nubya Garcia – SOURCE

Melhor single do ano:

Phoebe Bridgers – I Know The End

 

RICARDO RODRIGUES:

Melhores álbuns do ano:

Luedji Luna – Bom mesmo é estar debaixo d’água

Kiko Dinucci – Rastilho

Mateus Aleluia – Olorum

Melhor single do ano:

Sonho da Lay – Tuyo e Luccas Carlos

 

CHICO DUB:

Melhores álbuns do ano:

Tantão & Os Fita – Piorou

Kakubo – Andaluz

Thiago Nassif – Mente

Melhor single do ano:

Kiko Dinucci – Exu Odara

 

CAMILO ROCHA:

Melhores álbuns do ano:

Luedji Luna – Bom Mesmo É Estar Debaixo D’água

Kiko Dinucci – Rastilho

Mateus Aleluia – Orolun

Melhor single do ano:

(Empate, Não Consigo Escolher Um Só Rsrs)

Pluma – Leve

Jadsa – Sougente

Zé Manoel – História Antiga

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Categorias:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ SIM NEWS

pt_BRPortuguês do Brasil