O SEBRAE-MG já capacitou mais de 150 carreiras artísticas por meio do Programa de Capacitação para Músicos. O foco deste programa é trabalhar a atitude empreendedora dos artistas, sensibilizar para a questão do negócio e sua gestão e a ampliação de mercado.

A Ação de Networking Amplifica SEBRAE-MG dentro da SIM é uma ação de relacionamento e tem suma importância para que os participantes possam ampliar o networking, ter possibilidades de acesso a novos mercados, geração de conhecimento, troca de experiências, além de mostrar e evidenciar todo o trabalho do SEBRAE-MG com os empreendedores culturais e criativos de Belo Horizonte e região!

Artistas:

FELIPE DE OLIVEIRA
Felipe de Oliveira é um cantor graduado em Cinema, com experiência em dança flamenca, que lhe proporcionaram uma forma intersetorial de se relacionar com a música. Estudou canto popular e erudito e estreou seu 1º show em 2014, intitulado Histórias do Mundo em Voz e Violão. Em 2016, participou do programa The Voice Brasil e organizou uma campanha de financiamento coletivo para gravar seu primeiro disco, Coração Disparado, que atingiu quase 200% da sua meta. O álbum, produzido por Barral Lima e Erick Krulikowski recebeu crítica elogiosa de Mauro Ferreira no G1 e figurou na lista de 100 Melhores Discos do Ano, pelo site especializado Embrulhador. O show homônimo estreou no Teatro Bradesco BH e já foi apresentado no palco principal do M.AR.TE Festival, abrindo a noite para João Bosco. Também n’A Autêntica (BH), SIM São Paulo, Festival HackTown (Santa Rita do Sapucaí – MG), Mostra de Cinema de Tiradentes, FORMEMUS (Vitória – ES) e no Festival Total 2019, dividindo noite com Filipe Catto, Maria Beraldo, Leo Cavalcanti e As Bahias e a Cozinha Mineira nas cidades de Itabirito, Ouro Preto e São João del Rei. Recentemente apresentou-se através do edital Cena Plural, foi contemplado pelo SESC Sonoro, para fazer uma turnê no Paraná em 8 unidades do SESC, selecionado pelo SESI SP para realizar temporada na FIESP da Av. Paulista e pelo edital do espaço Cine Furnas Cultural.
O artista também participou da série Hit Parade, do Canal Brasil, com Direção de Marcelo Caetano (Corpo Elétrico), recebeu prêmio no Festival Som Plural 2017, pela música Noite Sem Fim, participou do FEJACAN 2019 e integrou o elenco, ao lado de importantes artistas mineiros, de show no Grande Teatro do Cine Brasil, em homenagem a Guimarães Rosa, dentre outras realizações. Atualmente está em montagem de seu novo show, Terra Vista da Lua, contemplado pelo edital Descentra 2019, enquanto produz seu 2º álbum, com mesmo título.

 

LEO GUTO
Cantor e Compositor mineiro de música pop que iniciou sua carreira solo em 2017, Leo Guto mistura de gêneros que conduziram uma carreira do artista como pop, Indie rock e a música eletrônica, o artista busca criar uma linguagem nova com ligação na identidade da música pop mineira , alinhando elementos da música eletrônica a suas composições. Leo busca interagir também com elementos da música pop contemporânea como o Trap e o Deep House. Leo utiliza em suas produções elementos orgânicos e eletrônicos de um modo bem dinâmico e leve, nada conflitante. As bases das músicas são compostas com beats eletrônicos e sintetizadores, o uso das guitarras, violões e elementos da música orgânica também são características marcantes da sua proposta. As músicas retratam a vivência do artista em suas interações sociais e convida os ouvintes a uma reflexão sobre o autoconhecimento. Leo expressa em suas músicas uma perspectiva particular sobre sua conexão com o universo e as relações interpessoais.

 

LUISA MITRE
Luísa Mitre é pianista, compositora e arranjadora. Recebeu prêmios como: 18o Prêmio BDMG Instrumental – 2018, Prêmio MIMO Instrumental – 2018, Prêmio Revelação no FIPS – Festival Internacional de Piano Solo – 2018, I Concurso Jovens Solistas da OSMG – 2010,  dentre outros. Possui em seu piano uma sonoridade acurada que equilibra o refinamento técnico da música de concerto e o balanço da música popular brasileira. Em 2018, lançou o álbum Oferenda pelo Savassi Festival Records,  álbum ganhador do Prêmio Marco Antônio Araújo 2019 de melhor disco instrumental autoral de Minas Gerais. Além de seu Quinteto, que apresenta suas músicas autorais, integra o grupo de choro Toca de Tatu com o qual possui dois discos lançados, e o Duo Mitre, duo  de piano e vibrafone/percussão com sua irmã Natália Mitre que prepara novo álbum com lançamento para março de 2021.

 

BARBARAMOR
BarbarAmor é cantora e compositora mineira que tem suas primeiras influência no MPB clássico. Foi a partir dessas influências que produz seus primeiros trabalhos autorais, um disco em 2012 “Aprendiz”, com dez faixas e seu single “Depois da Tempestade” em 2017. Já em 2019 inicia um período de transição decarreira ao refletir que seu canto pode estar a serviço do AMOR em causas como empoderamento feminino, representatividade e inclusão. Seu trabalho traz ao público o AMOR cantado, poetizado, dito e
expresso com sensibilidade, verdade e entrega…
Atualmente, a partir de experimentos com as próprias canções e algumas novas influências da música brasileira, decide mesclar música eletrônica com elementos da música afrobrasileira e conhece o conceito de Afrofuturismo. É neste estágio que se encontra a carreira da artista: uma fase de transição de identidade visual e musical, tendo o afrofuturismo como conceito base para essa nova construção artística.
Além de cantora e compositora, BarbarAmor é psicóloga e policial militar e escritora em Minas e tem a oportunidade de fundir em sua arte todas as partes de si mesma, ao expressar todas as demandas da sua alma em suas canções. Seus principais incômodos (matéria prima para suas composições) são a reflexão sobre os papeis que as mulheres, especialmente das mulheres pretas, exercem na sociedade, no mercado de trabalho (militar, musical) e na vida. Atua como artista em Sete Lagoas e região, participando de festivais e eventos que lhe garantem a possibilidade apresentar seu trabalho autoral. Atua também palestras e bate papo sobre violência doméstica contra a mulher, e reflexão sobre esquemas de poder e papeis sociais femininos. Acredita acima de tudo que a música, além de entretenimento, é uma poderosa via de desenvolvimento pessoal e social, é uma “arma” de transformação em massa.

 

THIAGO DELEGADO
Thiago Delegado é violinista, arranjador e compositor. Reconhecidamente um dos mais ativos e criativos músicos da cena contemporânea mineira. Além da carreira solo, que conta com três CDs gravados, como violinista, gravou com Aline Calixto, Vander Lee, Flávio Renegado, Mestre Jonas, Zé da Guiomar, Flávio Henrique, entre outros.
Como produtor, fez os arranjos de base e co-produziu o disco “flor, Morena”, de Aline Calixto, de quem também é diretor musical. Também foi diretor musical da cantora Janaína Moreno, Vander Lee (CD Sambarro-co), Cinara Ribeiro, Dudu Nicácio e Grupo Tradição. Além disso, o músico segue como anfitrião nos projetos “Delegas Samba Clube” e “DelegasCia”. Este último comemorou oito anos de existência com lançamento de DVD no ano passado.
Desde 2014, Thiago acompanha a cantora Leila Pinheiro em turnê no formato voz e violão. É o responsável pelos arranjos e direção musical do Concurso de Marchinhas Mestre Jonas há seis anos.
Atualmente apresenta o programa semanal A Hora do Improviso, na Rádio Inconfidência FM e Rede Minas e acaba de lançar mais um álbum autoral. O disco, o quarto da carreira, foi gravado em estúdio analógico e lançado em vinil.


Data

dez 03

Hora

14:00 - 16:00

PARA TER ACESSO A ESTE CONTEÚDO, ADQUIRA A PRO-BADGE OU UM INGRESSO AVULSO (DISPONÍVEL APENAS PARA ASSINANTES DA SIM COMMUNITY)

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguês do Brasil