Tabu e falta de investimento em ciência e tecnologia são fatores de atraso no desenvolvimento de pesquisa e aplicações de lisérgicos e cannabis na saúde, no convívio social e nas artes. Por serem classificadas como substancias ilicitas e criminalizadas, o debate sobre os desafios da ciência psicodélica ficou estagnado por um período, mas há alguns anos voltou para a pauta das universidades, centros de pesquisa, publicidade, do cinema e da música. Como a ciência psicodélica pode colaborar para a saúde e bem estar em uma sociedade que sofre de depressão e ansiedade como mal do século?

 

Palestrantes: Eduardo Schenberg (Instituto Phaneros/ SP), Ju Strassacapa (Francisco, El Hombre/ SP), Luna Vargas (Inflore/ Canadá) e Anna Penteado (Vento Festival/ SP). Mediação: Katia Abreu (Contravia/ SP).


Data

dez 02

Hora

20:00 - 22:00

PARA TER ACESSO A ESTE CONTEÚDO, ADQUIRA A PRO-BADGE OU UM INGRESSO AVULSO (DISPONÍVEL APENAS PARA ASSINANTES DA SIM COMMUNITY)

Comentários

pt_BRPortuguês do Brasil