Veja os indicados ao Prêmio SIM 2019 e vote em seus favoritos

Pelo terceiro ano, o Prêmio SIM reconhece o trabalho de profissionais que ajudam a construir a história da indústria musical no Brasil e no mundo.

São dez indicados em três categorias: Novo Talento, Projeto do Ano e Inovação. Dos concorrentes em cada uma delas, nove foram escolhidas pelo Conselho Consultivo da SIM e uma indicada pelo público. Os nomeados mostram a vitalidade do setor, com projetos inspiradores que impactaram o mercado da música no último ano.

Saiba quem está na disputa pelo Prêmio SIM 2019:

NOVO TALENTO:
Ana Frango Elétrico, André Prando*, Hot e Oreia, Josyara, MC Caverinha, Mc Tha, Romero Ferro, Rosa Neon, Saskia e Zudizilla.

PROJETO DO ANO:
#30dias30beats, ASA – Arte Sônica Amplificada, Batekoo/Batekoo Records, Blue Note São Paulo, BUD New Classics Are Coming, Escuta as Minas, FastForward Podcast, Festival Sarará*, Frei Caneca FM e Sintonia.

INOVAÇÃO:
Algoritmo da Vida, daleGIG*, Doritos no Rock in Rio, empawa100, Expo Bjork Digital, JUMP!, Music Innovation Challenge, Pesquisa “Women In The U.S. Music Industry: Obstacles And Opportunities”, Temporadas #TãoReal – Rashid e TikTok.

* indicação do público

A votação já está aberta na PRO-AREA Virtual. Para acessá-la e escolher os seus favoritos é preciso estar credenciado para a SIM 2019.

ADQUIRA JÁ A SUA PRO-BADGE!

Todo ano, o Prêmio SIM também celebra uma personalidade com papel fundamental para o desenvolvimento e consolidação do mercado brasileiro por sua Contribuição à Música. No ano passado, o prêmio foi para o incomparável Carlos Eduardo Miranda, morto em março de 2018. Em 2017, o homenageado foi o mestre Pena Schmidt. O homenageado é escolhido Conselho Consultivo da SIM São Paulo e será revelado durante a cerimônia, que acontece no sábado, dia 7, no CCSP.

Realizado desde 2017, o Prêmio SIM já laureou nomes como Larissa Luz, Giovani Cidreira (empatados na categoria Novo Talento – 2017), Luedji Luna, Edgar (empatados na categoria Novo Talento – 2018), o programa Conexão Cultura DF (Projeto do Ano – 2017), o centro cultural de resistência negra Aparelha Luzia (Projeto do Ano – 2018), o vlog Tem um Gato na Minha Vitrola, do jornalista Pedro Antunes (Inovação – 2017), e a ação Keychange, criada pela PRS Foundation para engajar eventos dedicados à música a convocar cada vez mais artistas femininas em seus line-ups (Inovação – 2018).

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Categorias:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ SIM NEWS

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_BRPortuguês do Brasil